Let It Rain

A tempestade se aproximava. Os ventos estavam furiosos, os trovões impetuosos e a escuridão tomava conta sem hesitar. Chegava o momento em que o fim parecia estar prestes a acontecer, o apocalipse havia chego. Era como se todos os medos, erros e arrependimentos viessem à tona, era como se os céus fossem desabar e não houvesse para onde correr.

Às vezes esse sentimento nostálgico de fim chega forte como uma tempestade até nós, o que nos faz sentir sem saída, sem salvação. Contudo, é geralmente quando nos sentimos assim que a saída está bem em nossa frente e é muito mais simples do que imaginamos.

Há momentos em que nos vemos em uma complicação tão exorbitante que não conseguimos raciocinar sobre como agir e então nos perguntamos o que fazer, para onde ir, como sentir-se a salvo… Tantas possibilidades enquanto a única coisa que deveríamos fazer é simplesmente deixar chover.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s